27 de set de 2011


Amados a MISSÃO dos nossos padres da Arquidiocese de fortaleza aqui na cidade de Boca do Acre - Amazonas, Diocese de Rio Branco, não é fácil não!!!! Aqui tudo é bem difícil. O povo é bom, mas muito simples. Diversos são os desafios e bem distintos dos que enfrentamos em Fortaleza. Aqui se vive bem distante da "civilização" e dos benefícios das grandes metrópoles, que nós cearenses estamos bem acostumados; o custo de vida aqui, no acre e amazonas é alto e de qualidade duvidável. A etnia e cultura indígena é bem presente, nos rostos, na fala, nos gestos, na maneira de expressar as ideias e realizar alguns trabalhos. Mesmo que tenhamos claros os sinais de unidade eclesial nos cantos, nas organizações pastorais e na forma de celebrarmos a missa. Hoje visitei o barco missionário que ajuda nossos padres e nossas pastorais e jovens a chegarem nas comunidade ribeirinhas no Rio Purus e do Rio Acre (este barco ficou parado com problemas por vários meses, por problemas mecânicos e de infiltração, mas graças a muita peleja de nossos missionários padres o barco fora recuperado e esta em plena atividade). Teremos batizados daqui alguns dias e ele é que nos levará as comunidades "aldeias" para gerarmos novos cristãos pela misericórdia de Deus. Que Deus nos ajude!!! Santa Teresinha, padroeira das missões, rogai por nós!

Pe. Watson Façanha

26/09/2011

clique aqui e veja as primeiras fotos da missão

0 comentários:

Postar um comentário

Fique ligado - Jubileu 16