15 de jul de 2012


Representante do Vaticano pede que Brasil envie mais missionários

Nicole Melhado
Enviada especial a Palmas (TO)


Nicole Melhado / CN
Padre Vito Del Prete, representante da Congregação para a Evangelização dos Povos, órgão do Vaticano, no 3º Congresso Missionário Nacional
O Papa João Paulo II acreditava que se a América Latina, especialmente o Brasil, despertasse em si a paixão missionária, seria possível conquistar o mundo.

Em entrevista exclusiva ao noticias.cancaonova.com, o representante da Congregação para a Evangelização dos Povos, órgão do Vaticano, padre Vito Del Prete, salientou que a América Latina não consegue medir sua potencialidade.

"Temos missionários brasileiros no Guiné, China, Japão e na África, certamente porém, a Igreja local, isto é, os sacerdotes diocesanos são pouco representados, são poucos os missionários do Brasil fora de seu território. E nisso é preciso dar um salto de qualidade”, enfatiza.

Segundo o representante do órgão vaticano, o que bloqueia é fixar-se somente nos problemas internos, sem olhar a Igreja como um todo, vendo que ela é uma só.

“A Igreja não vive por si mesma. Nenhum continente, nenhuma Igreja local pode dizer: primeiro devo estar bem, evangelizar a mim mesma, para depois evangelizar os outros. Se fosse assim, os apóstolos ainda estariam em Jerusalém e seríamos todos ainda não-cristãos", ressalta padre Vito.

0 comentários:

Postar um comentário

Fique ligado - Jubileu 16