10 de fev de 2014

Missa de encerramento do Retiro dos Seminaristas do Propedêutico 2014


























O Retiro dos 19 Seminaristas do Propedêutico, iniciou no dia 07 de fevereiro de 2014 e encerrou-se com a Santa Missa no dia 09, domingo, presidida pelo Pe. Anderson Marçal, Reitor do Seminário Maior da Canção Nova que foi o pregador do retiro dos seminaristas.

Caríssimo Pe. Anderson, CN

Durante esses dias estivemos reunidos e pudemos partilhar da vida e do espírito que nos une como pessoas, como cristãos, como homens que estão em busca de ser verdadeiros amigos de Deus.

Seu testemunho de vida, para quem conhece, é palavra de Deus para os dias de hoje, em que tantos jovens tem se entregado de modo doentio a esse mundo e às suas seduções. Sim, palavra de Deus encarnada na vida por que, quando ouvimos aquela voz que não sabemos de onde veio, mas que nos falou aos ouvidos do coração, e resolvemos dar uma chance a essa voz, nossa vida muda.

Pe. Anderson, podemos e queremos dizer a Deus um muito obrigado pela sua vida, pelo seu ministério. Contudo, podemos e queremos dizer também um muito obrigado ao senhor, Padre, por que ao ouvir uma palavra diferente daquela que estava vivendo o senhor deixou-se guiar e iniciar um processo de conversão; quando Deus encontra corações dispostos ele se agarra a esses corações e usa-os como meio de atração de muitas outras almas para Ele.

Lembro as palavras de São João Maria Vianney, quando fala da salvação: “Como é belo, como é grande conhecer, amar e servir a Deus! Só isto temos que fazer neste mundo. Tudo o que fizermos fora disso é tempo perdido”. Quem entra pelo caminho de conversão verdadeira pensa e age assim.

Queridos seminaristas, espero que tenham aproveitado o máximo do que lhes foi transmitido nesses dias. Queremos o melhor para vocês, para suas vidas e para o discernimento de suas vocações. Que, de verdade, vocês queiram ser amigos de Deus. Agora, vocês já sabem que para ser amigo de Deus é preciso ser amigo de si mesmo e ser amigos das pessoas. Deixem-se modelar pelo oleiro que é, também, seu melhor e maior Amigo.

A palavra de Deus dessa missa falava de ser sal da terra e luz do mundo. Espero em Deus que vocês sejam luzeiros pelos quais passa a luz verdadeira, Jesus Cristo. Que as pessoas vejam em vocês e vejam em nós, o reflexo da face de Cristo – luz do mundo! Sejam transparência de Cristo, deem sabor às realidades em que vocês se encontrarem, especialmente nessa casa. Viver com sabor, com gosto, o caminho da vocação faz com que o mundo acredite que seguir ao Senhor é caminho de felicidade e de realização.

Outra palavra do Cura d’Ars, que pode ser associada ao luz do mundo e sal da terra, por que tem a ver com a vida de santidade: “Os santos nem todos começaram bem, mas todos acabaram bem. Nós começamos mal, pois acabemos bem, e nos iremos juntar a eles no Céu”. Santos e luzes, que daqui e depois do Céu, iluminam a terra.

Fortaleza, 09 de fevereiro de 2014


Pe. Rafhael Silva Maciel
Reitor do Seminário Propedêutico.

0 comentários:

Postar um comentário

Fique ligado - Jubileu 16