2 de mar de 2012

Caucaia mostrou que está preparada para a JMJ

O trajeto do Bom Jardim para Caucaia foi rápido e com 15min antes do horário previsto, a cidade que já estava preparada para receber a chegada da peregrinação às 6h abriu as comemorações da Jornada Mundial da Juventude. Quando foi possível ver as primeiras imagens dos símbolos ainda dentro do caminhão, muitos jovens choraram e mencionavam expressões como “É real”, “Veio mesmo, está em nossa cidade, eu não acredito” e outras manifestações de alegria.
A Cruz e o Ícone entraram na Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres ovacionada por uma multidão completamente entusiasmada com o momento único e os levaram até o altar. Nossa equipe fez o registro fotográfico e acompanhou tudo de dentro da torre que é abrigo do relógio que completa seu centenário em 2012. Ao som de “Nova Geração”, lenços brancos, folhetos e chapéus eram acenados com emoção na cidade que esteve em vigília no dia anterior preparando-se para o momento.
Saindo da Igreja, foram conduzidos para o patamar onde a fé popular assumiu a vez. Homens e mulheres detentores da experiência de quem construiu Caucaia tocaram os símbolos num clamor por uma juventude mais santa e feliz. Este povo de fé conduziu uma procissão percorrendo importantes e movimentadas ruas da cidade que acordava em meio aos louvores e o grito de ordem: “Morte de jovens nunca mais, queremos vida!”.
Retornando à Igreja Matriz o EJC encenou uma adaptação do espetáculo “O Canto das Írias” escrita por Wilde Fábio da Comunidade Shalom e pegou o público completamente de surpresa com a beleza da apresentação que encerrou a comemoração na cidade. Um grande círculo formou-se em volta do caminhão para fazer a despedida dos símbolos junto com o responsável pela Paróquia e grande motivador da ação, Padre José Francisco e as Irmãs Cordimarianas que a dias preparavam a juventude para este momento. De lá a cruz seguiu para Canindé.
(Grupo de comunicação do Bote Fé Fortaleza)

0 comentários:

Postar um comentário

Fique ligado - Jubileu 16