8 de fev de 2015

“Durante uma adoração em minha paróquia eu senti Deus me chamando a servi-Lo como padre”, afirma seminarista brasileiro

“A vida de oração, a formação e a vida comunitária têm me motivado a ser fiel a vocação para a qual Deus me chamou e isso tem sido muito especial para mim”, afirmou o seminarista Manuel Rodrigues, vocacionado do Seminário Propedêutico da Arquidiocese de Fortaleza. A Arquidiocese está entre as que mais acolheram novos candidatos para o sacerdócio no Brasil.

“Minha vocação surgiu após a minha conversão em 2013, eu conheci a Banda Rosa de Saron e por meio dela fiz amizades que me fizeram voltar para a Igreja. Durante o Festival Halleluya de 2013, o clima da Jornada Mundial da Juventude no Rio começou a mexer comigo e eu senti o chamado a participar ainda mais. Aos poucos, fui voltando à Igreja e durante uma adoração em minha paróquia eu senti Deus me chamando a servi-Lo como padre”, testemunhou o jovem Manuel Rodrigues.

A vida de oração aliada ao desejo de aprender cada vez mais sobre a Doutrina da Igreja e a vida dos santos motivaram Manuel a responder de forma positiva ao chamado de Deus.

“Após conversar com alguns amigos, decidi entrar no vocacional. As formações realizadas nesse período foram um grande impulso, a cada encontro eu ficava mais motivado a entrar no seminário. Após uma partilha com o sacerdote de minha paróquia tomei a decisão”, testemunhou.

O aumento do número de vocações sacerdotais em Fortaleza conta com um detalhe especial. Dos 24 novos vocacionados da turma deste ano, 11 tem nível superior.

Entre eles, o seminarista Jairo dos Santos que concluiu Psicologia no ano passado e resolveu trilhar o caminho formativo para o sacerdócio.

“Tudo é graça de Deus, inclusive a profissão que recebemos, desta maneira, com alegria coloco minha formação à disposição do povo de Deus e da Igreja", disse Jairo.

Fernando Pontes é graduado em Filosofia e Especialista em Filosofia da Religião. Em seu discernimento vocacional o amor pelo altar falou mais forte.

“Gostava do magistério, foi um desafio abrir mão; mas, sentia um vazio e percebi que ele só poderia ser preenchido com uma doação total de minha vida”, disse.

Após o período introdutório da formação sacerdotal, no Seminário Propedêutico, a turma tem pela frente as faculdades, filosofia e teologia. Os estudos acontecem na Faculdade Católica de Fortaleza, entidade responsável pela formação do clero desde 1864. O Seminário é mantido pela Arquidiocese de Fortaleza e pela doação dos fieis.

Este ano, a Pastoral Vocacional dará início a encontros vocacionais para adolescentes e jovens de 12 a 17 anos. O primeiro vai acontecer nos dias 14 e 15 de março no Seminário Propedêutico.  Para participar, o candidato deve primeiro procurar o Padre da sua Paróquia e depois entrar em contato com o Seminário.

Por Cláudia Brito de Albuquerque e Sá

Fonte: ACI Digital 

0 comentários:

Postar um comentário

Fique ligado - Jubileu 16